Alerta de SMS

This is some blog description about this site

Síndrome de Burnout: será que você tem?

Síndrome de Burnout: será que você tem?
  •  Perda de energia pela pretensão persistente de um conjunto de expectativas inalcançáveis;
  •  Fadiga emocional, física e mental;
  •  Sentimento de impotência e inutilidade;
  •  Falta de entusiasmo pelo trabalho e pela vida em geral;
  •  Baixa autoestima;
  •  Desenvolvimento de sentimentos e atitudes negativas pelas pessoas objeto de seu trabalho;
  •  Sentimento de que não pode mais dar de si mesmo afetivamente.

 

b2ap3_thumbnail_burnout2.jpg

  A síndrome de Burnout (do inglês to burn out, queimar por completo) é um distúrbio psíquico descrito em 1974 por Freudenberger, um médico americano. O transtorno está registrado no Grupo V da CID-10 (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde). 

 

  Esta síndrome também conhecida como a Síndrome do Esgotamento Profissional, embora seja comum entre profissionais que lidam diretamente com o público, como médicos, enfermeiros, professores, bancários, advogados e operadores de call centers, pode acometer profissionais de qualquer área.

 

  Burnout é um estado de exaustão emocional, mental e físico causado pelo estresse excessivo e prolongado que reduz a sua produtividade e mina a sua energia, deixando você sentir cada vez mais impotente, desesperado e ressentido.  

 

  O sintoma típico da síndrome de Burnout é a sensação de esgotamento físico e emocional que se reflete em atitudes negativas, como ausências no trabalho, agressividade, isolamento, mudanças bruscas de humor, irritabilidade, dificuldade de concentração, lapsos de memória, ansiedade, depressão, pessimismo, baixa autoestima.

 

   Dor de cabeça, enxaqueca, cansaço, sudorese, palpitação, pressão alta, dores musculares, insônia, crises de asma, distúrbios gastrintestinais são manifestações físicas que podem estar associadas à síndrome.

 

  Os sintomas se expressam em três dimensões: 

- exaustão emocional, quando a pessoa não possui mais recursos emocionais para lidar com as situações de trabalho (esgotamento);

-  despersonalização que é o sentimento de incompetência para resolver problemas de trabalho e o distanciamento afetivo de clientes e colegas de trabalho (esses passam a ser tratados com frieza e indiferença); 

- baixa realização pessoal no trabalho caracterizado por uma tendência de se auto avaliar de forma negativa e sentimentos de infelicidade.

 

   O ambiente de trabalho e situações organizacionais são fundamentais para o desenvolvimento da síndrome, mas sua manifestação depende muito mais da reação individual frente a situações da rotina profissional.

 Síntomas BurnoutPREVENÇÃO E TRATAMENTO:

1.  Individuais: referem-se à formação em resolução de problemas, assertividade e gestão do tempo de maneira eficaz.

2.  Grupais: consistem em buscar o apoio dos colegas e supervisores. Deste modo, os indivíduos melhoram as suas capacidades, obtêm novas informações e apoio emocional ou outro tipo de ajuda.

3. Organizacionais: consistem no desenvolvimento de medidas de prevenção para melhorar o clima organizacional, tais como programas de socialização para prevenir o choque com a realidade e implantação de sistemas de avaliação que concedam aos profissionais um papel ativo e de participação nas decisões laborais.

  ESTRESSE X SÍNDROME DE BURNOUT

-Burnout não é o mesmo que estresse ocupacional. Burnout é o resultado de um prolongado processo de tentativas de lidar com determinadas condições de estresse (Rabin, Feldman, & Kaplan,1999).

- O Burnout é uma síndrome caracterizada pelo esgotamento físico, psíquico e emocional, em decorrência de trabalho estressante e excessivo. É um quadro clínico resultante da má adaptação do homem ao seu trabalho. (Hudson Hübner França ,1987). 

b2ap3_thumbnail_stress.jpg 

Estresse não é propriamente uma doença e sim, um estado do organismo quando submetido ao esforço e à tensão. O prejuízo acontece quando as situações estressantes são contínuas e o organismo começa a sofrer com as constantes reações químicas que se sucedem, sem que haja tempo para a eliminação dessas substâncias e sem o tempo necessário para o descanso e recuperação física e emocional. 

SINAIS E SINTOMAS: 

  • Dor de cabeça;
  • Distúrbios do sono;
  • Irritabilidade;
  • Cansaço;
  • Dificuldade de concentração ou tensão muscular;
  • Dificuldades respiratórias;
  • Dificuldade de memória;
  • Problemas digestivos;
  • Pressão alta;
  • Problemas cardíacos e até mesmo distúrbios psíquicos como síndromes, depressão e pânico.

         CONSEQUÊNCIAS:

       Dependendo da predisposição orgânica do indivíduo, o estresse pode causar desde transtornos psicológicos - falta de vontade de fazer as coisas, ansiedade, etc. - até manifestações físicas mais sérias como úlceras, infarto, câncer e mesmo manifestações mentais como derivadas síndromes e tentativa de suicídio.

        PREVENÇÃO E TRATAMENTO:

1. Terapias cognitivas e comportamentais: trata-se de um trabalho feito por psicólogos que visa orientar o indivíduo sobre a melhor maneira de administrar o estresse e os fatores estressores, administrar conflitos e resolver problemas;

 

2. Técnicas de relaxamento, como a meditação, por exemplo;

 

3. Prática de atividades físicas regulares;

 

4. Ter uma alimentação saudável;

 

5. Oficinas de estresse para o ambiente de trabalho;

 

6. Em alguns casos, por determinado período, o uso de medicamentos pode ser necessário.

 

   Entenda melhor a diferença entre Estresse e Síndrome de Burnout

DIFERENÇAS ENTRE BURNOUT  E STRESS

BURNOUT

STRESS

·      É uma defesa caracterizada pela desistência, descompromisso.

·      Caracteriza-se pelo superenvolvimento, compromisso.

·      As emoções tornam-se embotadas, atenuadas.

 

·      As emoções tornam-se hiper-reativas, exageradas.

·      O principal dano é emocional.

·      O principal dano é físico.

·      A exaustão afeta a motivação e a iniciativa.

·      A exaustão afeta a energia física.

·      Produz desmoralização.

·      Produz desintegração.

·      Pode ser mais bem entendido como uma perda de motivação, ideais e esperança.

·      Pode ser entendida como uma perda de energia.

·      A depressão é causada pela mágoa engendrada pela perda de ideais e esperança.

·      A depressão é causada pela necessidade do organismo de se proteger e conservar energia.

·      Produz uma sensação de abandono e desesperança.

·      Produz uma sensação de urgência e hiperatividade.

·      Produzparanoia, despersonalização e desligamento.

·      Produz desordens associadas ao pânico, fobias e ansiedades.

·      Não mata, mas pode fazer com que uma vida longa pareça não valer a pena ser vivida.

·      Pode matar prematuramente.

Dicas de prevenção de Burnout

•     Comece o dia com um ritual de relaxamento;

•     Adote uma alimentação saudável, pratique exercícios físicos e procure ter um bom sono;

•     Defina limites. Não se sobrecarregue;

•     Dê um tempo na tecnologia;

•     Desfrute de momentos de descontração

•     Alimente seu potencial criativo;

•     Aprenda a gerenciar seu tempo;

•     Não use de álcool e drogas;

•     Reavalie seus objetivos profissionais;

•     Faça avaliações regulares de saúde.

 

 b2ap3_thumbnail_vc-sabia.jpg Você sabia?

 Síndrome de Burnout é uma doença preocupante! Uma doença ocupacional que faz parte de um grupo que já ocupa o terceiro lugar no quadro de acidentes de trabalho.

 O INSS registrou em 2012 mais de 11 mil afastamentos por depressão, transtorno ansioso e estresse. Entre os problemas está a síndrome de Burnout, marcada por desânimo grave, vazio interior e sintomas físicos. Apesar de ter apresentado queda em relação ao ano de 2011, ainda é preocupante, principalmente se considerarmos que há casos em que se relacionam diretamente com a segunda causa de afastamentos por doença, que são as doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo (DORT / LER). 

b2ap3_thumbnail_grafico.png

Fontes:

- www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmedhealth/PMH0050545

- drauziovarella.com.br/letras/b/síndrome-de-burnout/

- blog: www.puraluzyoga.blogspot.com

- www.helpguide.org/mental/burnout_signs_syntoms.htm

- Anuário Brasileiro de Proteção 2014 – Revista Proteção 

- http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAp9QAA/estresse-ocupacional-x-sindrome-burnout

As imagens publicadas no blog da Minasseg Consultoria são extraídas de buscas realizadas na internet, sem nenhuma autorização específica para utilizá-la. Se alguma foto for de sua propriedade e caso você deseje sua remoção ou o registro de sua autoria, por favor, entre em contato que prontamente lhe atenderemos.

 

 

 

 

 

 

Avalie esta postagem:
1

Copyright

© Minasseg Consultoria autoriza a cópia e compartilhamento desse artigo, desde que seja citada a fonte: www.minassegconsultoria.com.br

Continuar lendo
2975 Hits